No Banner to display

domingo, 19 de setembro de 2021

domingo, 19 de setembro de 2021

Termina o prazo para pagar IPVA de veículos com placas finais de 1 a 6

Segundo dados do Detran, em Goiás estão registrados 2.566,186 veículos com placas finais de1 a 6, que foram beneficiados com a prorrogação do prazo.

Veículos com até 14 anos de fabricação são tributáveis pelo IPVA. O boleto não é mais enviado à residência dos contribuintes. Para efetuar o pagamento, o contribuinte deve baixar o boleto direto no site do Detran (Foto: Divulgação)

A Secretaria da Economia, por meio da Gerência do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA, alerta os proprietários de veículos com placas finais de 1 a 6 para que não deixem para última hora o pagamento do imposto e evite o congestionamento do sistema. O prazo para quitar o IPVA e Licenciamento Veicular dos veículos que se encerraria no dia 5 de agosto foi prorrogado até hoje, 10/8.

Segundo dados do Detran, em Goiás estão registrados 2.566,186 veículos com placas finais de1 a 6, que foram beneficiados com a prorrogação do prazo. Deste total, cerca de 1,26 milhão de veículos com até 14 anos de fabricação são tributáveis pelo IPVA.

O boleto não é mais enviado à residência dos contribuintes. Para efetuar o pagamento, o contribuinte deve baixar o boleto direto no site do Detran-GO (www.detran.go.gov.br).

Confira aqui como fica o calendário de pagamento do IPVA, de acordo com a  Instrução Normativa nº 188/2021.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Caiado participa do lançamento da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, em Mara Rosa, no Norte goiano

Goiás atualiza orientações sobre vacinação contra Covid-19

Em Goiânia, Caiado inicia entrega de mais 250 mil cestas básicas a famílias em vulnerabilidade impactadas pela pandemia, e Goiás atinge marca de 1 milhão de donativos distribuídos

Caiado diz que consultas populares vão definir como Projeto Gênesis será implantado e destaca que prioridades são “desenvolvimento do Nordeste goiano e preservação do meio ambiente”