No Banner to display

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Balança comercial goiana tem superávit de US$ 599,57 milhões em maio

A Balança Comercial de Goiás apresentou superávit de US$ 599,57 milhões em maio.

A balança comercial de Goiás cooperou com 3,47% do total exportado pelo Brasil (US$ 26,94 bilhões) e com 1,90% do importado a nível nacional no mês(US$ 17,65 bilhões. O superávit de US$ 599,57 milhões em maio (Foto: Divulgação)

A Balança Comercial de Goiás apresentou superávit de US$ 599,57 milhões em maio. O valor foi resultado de US$ 934,69 milhões em vendas internacionais contra US$ 335,11 milhões em compras do mesmo porte. Os dados foram divulgados nesta semana pelo Ministério da Economia.

No acumulado do ano, as exportações somam alta de 15,85% (US$ 3,807 bilhões) e as importações 50,52% (US$ 2,026 bilhões), o que garante um saldo superavitário de janeiro a maio na balança comercial do Estado de US$ 1,781 bilhão.

As altas de janeiro a maio foram motivadas, principalmente, pelo maior fluxo de vendas internacionais de óleo de soja (+146,01%); carnes suínas (+77,2%); máquinas, aparelhos e materiais elétricos (+71,7%); e do ouro (+57,3%).

Já as altas relativas às importações foram motivadas pelo aumento das compras de combustíveis minerais, óleos minerais e produtos de destilações (+2.524,3%); gorduras e óleos animais ou vegetais (+226,5%); borracha e suas obras (+105,07%).

Com isso, a balança comercial de Goiás cooperou com 3,47% do total exportado pelo Brasil (US$ 26,94 bilhões) e com 1,90% do importado a nível nacional no mês(US$ 17,65 bilhões).

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Em dia histórico, Governo do Estado assume gestão e regulação dos hospitais próprios, em Goiânia

Governador Ronaldo Caiado inicia entrega de 250 mil cestas básicas, em Goiânia, e cumpre agenda em Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09)

Em Montes Claros de Goiás, Caiado participa, ao lado do ministro da Infraestrutura, de entrega da restauração da BR-070

Caldas Novas vacina adolescentes de 12 a 17 anos com deficiência permanente e aplica terceira dose em idosos