Hot Park + Lagoa + di Roma + Mirante + Hotel
Notícias
Municípios goianos ficam fora de ranking dos 50 mais violentos
Publicada em: 08/03/2018

Goiânia, que chegou a ser citada em 2017, deixou lista divulgada pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública. Titular da SSP, Irapuan Costa Júnior garante atuação das corporações cada vez mais ostensiva e proximidade entre forças policiais e população 

Nenhuma cidade goiana aparece entre as 50 mais violentas do mundo em 2017, de acordo com levantamento divulgado nesta quarta-feira (07/03), pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal. No levantamento, estão 17 municípios brasileiros com mais de 300 mil habitantes. 

Goiânia, que chegou a ser citada em 2017, deixou a lista. O estudo mostra que as ações do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP) para coibir o crime estão no caminho certo. “As polícias estão atuando de forma ostensiva e isso reflete diretamente na queda da criminalidade”, afirma o secretário Irapuan Costa Júnior. 

O secretário também ressalta o reflexo das ações integradas entre as forças policiais do Estado. “Podemos verificar que as polícias goianas trabalham de forma conjunta. Isso tem sido fundamental para solucionar crimes e prevenir novas ocorrências de violência”, diz. 

Segundo Irapuan, nos próximos meses, as políticas de aproximação da população com as forças policiais serão ampliadas. “Nosso principal objetivo é garantir segurança ao cidadão de bem”, garante. 

Em suas redes sociais, o vice-governador Zé Eliton, que comandou a SSP em 2016, quando os índices de criminalidade começaram a ceder, afirma que o estudo “demonstra que a política de segurança adotada pelo Governo de Goiás, que promove a integração das forças policiais e o uso dos serviços de inteligência na prevenção e no combate ao crime organizado, é eficaz e tem resultados imediatos na vida da comunidade”. 

Eliton, que assume o governo do estado em abril, disse, ainda que “essa política que estamos a fortalecer, no intuito de manter em queda todos os índices de violência que resultam em maior tranquilidade e sensação de segurança para todos”. 

De acordo com o site da BBC Brasil (http://www.bbc.com/portuguese/brasil-43309946), o ranking é encabeçado pela cidade mexicana Los Cabos e pela capital venezuelana, Caracas. Natal (RN) aparece em quarto lugar, com 102,56 homicídios por 100 mil habitantes - para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera uma taxa acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes como característica de violência epidêmica. 

Outras cidades brasileiras que aparecem no ranking são Fortaleza (CE), Belém (PA), Vitória da Conquista (BA), Maceió (AL), Aracaju (SE), Feira de Santana (BA), Recife (PE), Salvador (BA), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Macapá (AP), Campos de Goycatazes (RJ), Campina Grande (PB), Teresina (PI) e Vitória (ES).

 

Queda geral na criminalidade

Goiás registrou queda em todos os indicadores criminais em 2017, conforme dados divulgados pelo Observatório de Segurança da SSP. Em Goiânia, a situação não foi diferente. Todas as modalidades pesquisadas regrediram ao longo do último ano. Na comparação de janeiro a dezembro de 2017 com igual período de 2016, a Capital apresentou queda de 24,24% em latrocínios, estupros recuaram 28,30% e homicídios cederam 3,10%, por exemplo.

 

FONTE: Comunicação Setorial

Secretaria de Segurança Pública

Voltar Contato Diminuir Texto Aumentar Texto

Promoções

Participe

Garota

Lauriana Ala

Cinema

Em Cartaz

Vídeos

Assistir